B I O N E W S

« Postagens mais antigas

INTERNACIONALIZAÇÃO | Parceria entre Brasil e Portugal no I Seminário Internacional de Fisioterapia Aquática

Publicado em: 4 de outubro de 2023 por aspec
2 vista plateia 22 9 23

Foto: acervo LAM-SF/UFPR.

E vem¬†mais¬†not√≠cias d¬īal√©m mar! Em p√≥s-doutorado na cidade de Chaves, norte de Portugal, a¬†Profa. Dra. Vera L√ļcia Israel, do Departamento de Preven√ß√£o e Reabilita√ß√£o em Fisioterapia (DPRF) da UFPR, em parceria com as¬†Professoras Doutoras Maria Jos√© Alves e Alcina Nunes, da dire√ß√£o do campus¬†do Instituto Polit√©cnico de Bragan√ßa (IPB) e a equipe dos Laborat√≥rio AquaValor (IPB) e Sa√ļde e Funcionalidade – Alegria em Movimento (LAM-SF/DPRF/UFPR), organizaram e realizaram o I Semin√°rio Internacional de Fisioterapia Aqu√°tica. O evento contou com mais de 200 inscri√ß√Ķes e ocorreu de forma h√≠brida¬†nos dias 22 e 23 de setembro.

O evento apresentou contribui√ß√Ķes sobre a Fisioterapia Aqu√°tica a partir de olhares de pesquisadores palestrantes de Portugal, Espanha e Brasil, entre eles¬†Rui Costa (Ordem dos Fisioterapeutas, Portugal), Maria Reyes (Escola Enfermagem, Servizo Galego de Sa√ļde, Espanha), Adriano Zanardi da Silva (LAM-SF/PPGEDF/UFPR, Brasil), Tiago Barbosa (IPB, Portugal) e Cesar S√° (Grupo de Interesse em Fisioterapia Aqu√°tica – Hidroterapia da Associa√ß√£o Portuguesa de Fisioterapeutas).¬†O professor Tiago Barbosa comentou sobre o crescente n√ļmero de evid√™ncias cient√≠ficas envolvendo as atividades aqu√°ticas. O fisioterapeuta C√©sar S√° comentou sobre as possibilidades da fisioterapia aqu√°tica em Portugal.

Realizado de forma totalmente online, o segundo dia do evento¬†contou com o apoio do Centro Acad√™mico de Fisioterapia (CAFIS/UFPR), e foi transmitido pelo Youtube (assista aqui). Entre os destaques, a palestra de¬†Maria Jos√© Alves, que abordou as diferentes formas de investiga√ß√£o e utiliza√ß√£o das √°guas minerais naturais nos resultados obtidos no CoLab AquaValor/IPB, bem como nos projetos de exerc√≠cios f√≠sicos aqu√°ticos desenvolvidos por¬†fisioterapeutas e profissionais da Educa√ß√£o F√≠sica da regi√£o de Chaves em parceria com o LAM-SF/UFPR do Brasil.¬†Duas mesas redondas tamb√©m fizeram parte da programa√ß√£o: ‚ÄúFisioterapia Aqu√°tica na Sa√ļde da Crian√ßa‚ÄĚ, com a colabora√ß√£o das professoras Tain√° R. Melo e Luize B. Araujo; e ‚ÄúFisioterapia Aqu√°tica na Sa√ļde do Adulto e Idoso – pesquisas grupo LAM-SF‚ÄĚ, com a participa√ß√£o dos fisioterapeutas Giovanna Leveck, Andr√© Doliny e Juliana Siega.¬†Para a professora Vera L√ļcia, “essa ponte entre os dois pa√≠ses ofertada pelo Semin√°rio Internacional aproxima as realidades, torna rica a discuss√£o e mostra as diferen√ßas sobre o termalismo, uma vez que no Brasil a pr√°tica por fisioterapeutas em termas √© ainda pouco explorada”.

FOTO GRUPO LAM-SF 2023

Foto: Equipe LAM-SF/UFPR (acervo LAM).

 

Por Danielle Salm√≥ria (colabora√ß√£o Stephany Ferreira de Souza, Luis Henrique Paladini, Tain√° Christinelli e Vera L√ļcia Israel) – Aspec/SCB/UFPR

Not√≠cias d¬īal√©m mar | Professora de Fisioterapia em p√≥s-doc em Portugal

Publicado em: 25 de agosto de 2023 por aspec

Cópia de BioNews (9)

O contato com pesquisadores de outros pa√≠ses enriquece significativamente¬†a carreira acad√™mica,¬†permitindo um compartilhamento de projetos e novas parcerias em comunidade internacional. A Professora Dra. Vera L√ļcia Israel,¬†docente do Departamento de Preven√ß√£o e Reabilita√ß√£o em¬†Fisioterapia da UFPR e coordenadora do Laborat√≥rio de Sa√ļde e Funcionalidade ‚ÄúAlegria em Movimento‚ÄĚ (LAM-SF) est√° vivenciando esta oportunidade em seu¬†p√≥s-doutorado em Portugal.

No √ļltimo m√™s a professora realizou visita t√©cnica e participou de reuni√Ķes no Instituto de Educa√ß√£o da Universidade do Minho (UMINHO), na cidade de Braga. Com ela, as professoras pesquisadoras Ana Paula Pereira, Ana Serrano e Beatriz Pereira (Instituto de Educa√ß√£o da Universidade do Minho, Braga) e Ana P. C. Loureiro (Fisioterapia da PUC/PR). O objetivo dos encontros √©¬†elaborar os primeiros passos para uma parceria internacional do LAM-SF e do Programa de P√≥s Gradua√ß√£o em Educa√ß√£o F√≠sica da UFPR com o Instituto de Educa√ß√£o da UMINHO, na linha de Atividade F√≠sica e Sa√ļde, especialmente voltada √† sa√ļde da crian√ßa. “Com a constru√ß√£o dessa parceria sobre o tema da sa√ļde da crian√ßa no aspecto de interven√ß√£o precoce poderemos manter a aten√ß√£o biopsicossocial centrada na fam√≠lia e os contextos da vida da crian√ßa em suas rotinas, entendendo o papel e as possibilidades da Fisioterapia como parte da equipe transdisciplinar, para promo√ß√£o e preven√ß√£o de atrasos e defici√™ncias¬†no desenvolvimento durante a inf√Ęncia”, explica Vera.

A¬†inten√ß√£o do grupo √© tamb√©m contribuir com a Agenda 2030 da Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas (ONU) no terceiro Objetivo de Desenvolvimento Sustent√°vel (ODS), que visa assegurar uma vida saud√°vel e promover o bem-estar para todas e todos, em todas as idades, e contemplar a Pol√≠tica Nacional de Aten√ß√£o Integral √† Sa√ļde da Crian√ßa (PNAISC), do Minist√©rio da Sa√ļde do Governo Federal do Brasil.

 

Por Danielle Salmória (Aspec/SCB/UFPR)

 

 

 

Colação de grau do curso de Fisioterapia

Publicado em: 7 de agosto de 2023 por aspec
BioNews (6)

 

Na tarde de 07 de agosto, tr√™s estudantes do curso de Bacharelado em Fisioterapia da UFPR colaram grau em Sess√£o P√ļblica na Sala de Reuni√£o do Conselho Setorial de Ci√™ncias Biol√≥gicas. A Sess√£o foi presidida pelo Prof. Dr. Thales Ricardo Cipriani, Diretor do Setor, e teve a presen√ßa da Profa. Dra. Nat√°lia Boneti Moreira, Coordenadora do Curso, e de Patr√≠cia Hachiguti, Secret√°ria do Curso.

O Prof. Thales citou as possibilidades ofertadas aos formandos no decorrer da graduação e convidou os novos profissionais a darem continuidade à sua formação acadêmica nesta Instituição, recordando nossa alta pontuação em rankings de Educação.

Aos novos Fisioterapeutas, nossos parab√©ns e votos de um futuro de muitas realiza√ß√Ķes profissionais!

ūüﳬ†Por Danielle Salm√≥ria (Aspec/SCB/UFPR)

Férias na UFPR é diversão e aprendizado: curso da Farmacologia trabalha com adolescentes a prevenção ao uso e abuso de álcool e drogas

Publicado em: 21 de julho de 2023 por aspec

Cópia de BioNews (7)

Em pleno per√≠odo de f√©rias escolares,¬†15 estudantes de Ensino M√©dio de tr√™s escolas p√ļblicas da Regi√£o Metropolitana de Curitiba, com idades entre 15 e 18 anos, escolheram passar suas manh√£s e tardes aqui na UFPR! Eles foram convidados a participar do 1¬ļ Curso de F√©rias da Farmacologia, uma semana dedicada √† constru√ß√£o do conhecimento coletivo sobre preven√ß√£o ao abuso de drogas. De 17 a¬†21 julho, os alunos receberam uma cartilha sobre o tema e se envolveram em atividades diversas propostas pela equipe de professoras do¬†Departamento.

O objetivo deste Projeto de Extens√£o √© esclarecer o mecanismo de a√ß√£o das drogas de abuso e seus efeitos delet√©rios aos usu√°rios atrav√©s da¬†viv√™ncia acad√™mica e do m√©todo cient√≠fico. “Traz√™-los para dentro da UFPR foi muito importante. Inseridos na¬†viv√™ncia acad√™mica, eles conseguiram perceber – e a gente percebeu nitidamente – algumas mudan√ßas em si mesmos, inclusive na concep√ß√£o que eles tinham de um cientista”, diz a Profa. Joice¬†Maria da Cunha, coordenadora do projeto. No primeiro dia, eles foram convidados a desenhar um artista e um cientista. No √ļltimo dia, eles¬†redesenharam os mesmos personagens e o resultado surpreendeu a equipe. “No redesenho, muitos se auto desenharam, considerando-se ent√£o cientistas ap√≥s toda a viv√™ncia que tiveram conosco nesta semana, tendo agora a¬†universidade efetivamente como um objetivo a ser conquistado”, afirma a Profa. Joice. Essa atividade art√≠stica foi inspirada numa pesquisa de mestrado realizada com adolescentes no Campus Botucatu da Universidade Estadual Paulista (UNESP) acerca do imagin√°rio sobre a profiss√£o de cientista.

“Eu achei que fosse ser uma experi√™ncia legal passar essa semana no Curso de F√©rias. Botei f√© e vim, n√©? E foi muito melhor do que eu achei que seria! Aqui eu me senti livre para ser eu mesmo, num ambiente de amigos – e amigos inteligentes! Esses dias fizeram eu mudar a ideia que tinha de faculdade, eu questionava se realmente valeria a pena eu cursar. Mas vi que aprendi muito aqui e quero mais, quero estudar algo na √°rea da Tecnologia. Quero agradecer aos professores e monitores que disponibilizaram o pr√≥prio tempo para ensinar para a gente, para preparar tudo, criar slides, cartazes, brincadeiras…¬†essas pessoas s√£o muito incr√≠veis!¬†— Gustavo Martins dos Santos¬†(16), estudante do¬†Col√©gio Estadual Amyntas de Barros (Pinhais-PR).

Quizz, gincana de fun√ß√Ķes cerebrais, simula√ß√£o teatral de um tribunal de j√ļri opondo o elemento cigarro e uma senhora usu√°ria impactada por anos de abuso e √≥culos para simula√ß√£o de vis√£o alterada foram algumas das atividades do curso, todas desenvolvidas com base no m√©todo cient√≠fico. Os estudantes praticaram as ferramentas de um cientista:¬†formularam as hip√≥teses, as testaram atrav√©s de experimentos, realizaram as coletas e as an√°lises. Foi uma constru√ß√£o de conhecimento em conjunto, com base nos crit√©rios cient√≠ficos, como o de aleatoriedade. Todos os procedimentos¬†foram¬†supervisionados e monitorados por estudantes de p√≥s-gradua√ß√£o¬†e gradua√ß√£o e professores da UFPR.¬†O¬†conte√ļdo foi abordado de forma l√ļdica, integrando conhecimento e divers√£o.

Durante esta jornada, eles tiveram a oportunidade de vivenciar parte da rotina no ambiente acadêmico, como nas visitas ao Museu de Anatomia e Museu de Ciências Naturais, laboratórios e até no transporte e Restaurante Universitário, onde foram recebidos para os almoços, por meio de parcerias estabelecidas com Pró-Reitorias da UFPR. Uma Feira de Ciências, organizada pelos próprios estudantes no auditório do Departamento de Farmacologia, marcou o encerramento do Curso de Férias. Nesta ocasião eles puderam apresentar a outros professores e estudantes da Universidade o conhecimento construído, incluindo modelos de neurotransmissores e formação de sinapses.

“Tudo foi muito legal, teve gincana, teatro, experimento do efeito do √°lcool no f√≠gado bovino… Eu estava ansiosa para usar o laborat√≥rio, porque quero estudar Biomedicina! E eu gostei de aprender sobre o tabagismo, porque minha m√£e fuma, por isso eu acabo fumando passivamente, n√©? Mais uns argumentos para eu levar pra casa pra tentar convencer ela a parar de fumar! — Maria Ant√īnia Berezuki Cunha (17), estudante do¬†Col√©gio Estadual Amyntas de Barros (Pinhais-PR).

O 1¬ļ Curso de F√©rias da Farmacologia foi organizado, al√©m da Profa. Joice, pela Profa. Dra. Jana√≠na Menezes Zanoveli, vice-coordenadora do projeto, e realizado com colabora√ß√£o e apoio t√©cnico de uma grande equipe: a Profa. Dra. Eunice Andr√©, a Profa. Dra. Francislaine Aparecida dos Reis L√≠vero, a Dra. Patr√≠cia Manuitt (p√≥s-doc no Laborat√≥rio de Toxicologia Ambiental da UFPR), a mestranda em Educa√ß√£o Let√≠cia Mendes, o graduando em Medicina¬†Bruno Liebl e os monitores √Ālvaro Henrique Bernardo de Lima e Silva,¬†Ana Paula Farias Waltrick e¬†Ana Carolina Felipe da Silva, estudantes do Programa de P√≥s-gradua√ß√£o em Farmacologia; Bruna Renata Caitano Visnheski, graduanda de Biomedicina; Julia Maria Miranda, graduanda de Ci√™ncias Biol√≥gicas; e, B√°rbara Renata de Oliveira e Luiza Eduarda Grieshaber, graduandas de Odontologia. O apoio das seguintes institui√ß√Ķes foi fundamental para esta realiza√ß√£o:¬†Anna Medicina Cannabica, Belcher Farmac√™utica, Instituto Inovamed,¬†Companhia de Teatro da UFPR e Pr√≥-Reitoria de Extens√£o e Cultura (PROEC).

“Al√©m de feliz, eu estou muito surpresa com o resultado deste trabalho que estamos organizando desde janeiro. Foi fant√°stico ver na Feira de Ci√™ncias o tanto o que eles aprenderam em apenas uma semana. At√© meu filho participou. Ele tem apenas 12 anos, apresenta um determinado grau do espectro autista, e acompanhou a turma!” — Dra. Patr√≠cia Manuitt, venezuelana, doutoranda de Farmacologia.
Professores, acessem aqui uma sugest√£o de sequ√™ncia did√°tica¬†para abordagem do tema:¬†Sequ√™ncia did√°tica ‚Äď Preven√ß√£o ao uso e abuso de √°lcool (wordpress.com)

Por Danielle Salmória (Aspec/SCB/UFPR)

IX Semana Cient√≠fica de BioquiŐĀmica traz a UFPR estudantes de diversas institui√ß√Ķes do pa√≠s

Publicado em: 21 de julho de 2023 por aspec
Cópia de BioNews (6)

Chega ao fim hoje a IX Semana Cient√≠fica de BioquiŐĀmica da UFPR. Ao todo, foram 77 participantes entre alunos da UFPR e de outras institui√ß√Ķes de ensino de Curitiba, Maring√° e Rio de Janeiro.

O evento teve in√≠cio dia 17 de julho com uma cerim√īnia de abertura realizada na presen√ßa do Vice-diretor do Setor de Ci√™ncias Biol√≥gicas, Prof. Dr. Marcelo de Meira Santos Lima, e contou com extensa programa√ß√£o. Foram 10 minicursos em dois eixos tem√°ticos (Biologia Molecular e Prote√≠nas e Oncologia, Enzimas e Macromol√©culas) e 11 palestras de temas diversos da √°rea, como a neuroci√™ncia e os mecanismo de a√ß√£o de drogas, a neurobiologia da mem√≥ria e o futuro da agricultura.

A primeira edi√ß√£o desta semana cient√≠fica ocorreu em 2013. O evento √© organizado pelos Representantes Discentes juntamente com a Coordena√ß√£o do Programa e conta com a participa√ß√£o dos docentes. Tem como objetivo propiciar aos participantes a oportunidade de conhecer as linhas de pesquisa do Programa, seus docentes e discentes, durante o desenvolvimento das palestras, minicursos e sess√£o de p√īsteres.

√Č uma oportunidade aos p√≥s-graduandos de desenvolverem suas habilidades de ensino, al√©m de participarem e conhecerem todas as etapas envolvidas na realiza√ß√£o de um evento cient√≠fico. O evento tamb√©m possibilita o retorno dos egressos, que participam como palestrantes. “A participa√ß√£o dos alunos do programa que ministraram minicursos e dos professores do programa que ministraram palestras de temas de suas expertises permitem uma √≥tima oportunidade para aprendermos e compartilharmos diferentes tipos de conhecimentos na √°rea de Bioqu√≠mica”, afirma Lisley Janowski Spisila, doutoranda que integrou a equipe de organiza√ß√£o do evento, ao lado dos tamb√©m doutorandos Philippe Rodrigues Benetti e Dib Mady Diniz Gomes.

Esta edi√ß√£o da Semana Cient√≠fica de BioquiŐĀmica teve patroc√≠nio da Editora UFPR, da pH Cient√≠fica, Anal√≠tica, Dsyslab e Waters. A estudante Lisley¬†destaca a presen√ßa dos patrocinadores como um ponto muito positivo, “pois permitiu que o evento fosse realizado com mais recursos e qualidade”, afirma. Durante os momentos de coffee break, os participantes tiveram a presen√ßa tamb√©m da Associa√ß√£o Amigos do HC.

Os participantes encerram o evento nesta sexta-feira (21) com uma confraternização na Assufepar.

Processos seletivos com inscri√ß√Ķes abertas no Setor de Ci√™ncias Biol√≥gicas

Publicado em: 18 de julho de 2023 por aspec

O Programa de P√≥s-gradua√ß√£o em Gen√©tica recebe a partir de hoje (18 de julho) at√©¬†¬†05 de agosto¬†inscri√ß√Ķes para o exame de sele√ß√£o ao Doutorado. Interessados devem¬†acessar¬†o Sistema de Gest√£o Acad√™mica da P√≥s-gradua√ß√£o (SIGA) da UFPR e anexar todos os documentos solicitados. As linhas de pesquisa, os¬†poss√≠veis orientadores e o edital podem ser consultados no site do¬†PPG.

INSCRI√á√ēES ENCERRANDO

Nesta sexta feira,¬†21 de julho,¬†encerram-se as inscri√ß√Ķes para processo seletivo de quatro Programas do Setor de Ci√™ncias Biol√≥gicas: Bot√Ęnica, Ci√™ncias Biol√≥gicas (Entomologia), Fisiologia e Zoologia.

O Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Bot√Ęnica¬†oferta¬†8 vagas de mestrado, conforme edital (acesse aqui).¬†As inscri√ß√Ķes podem ser feitas no site do Programa. A prova dissertativa, configurando a primeira etapa de avalia√ß√£o do processo, ser√° no dia 28 de julho e as matr√≠culas ocorrem a partir de 03 de agosto.

O Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Ci√™ncias Biol√≥gicas (Entomologia) oferta 10 vagas de mestrado e 15 de doutorado nas linhas de pesquisa descritas no edital (acesse aqui). Para o mestrado, as avalia√ß√Ķes de sufici√™ncia em l√≠ngua inglesa e de conhecimentos em entomologia (oral) ser√£o aplicadas no dia 25 de julho. Para o doutorado, o resultado da¬†avalia√ß√£o dos projetos ser√° divulgado nesta mesma data e a avalia√ß√£o oral ser√° aplicada em 27 de julho.¬†O per√≠odo de matr√≠culas inicia em 1¬ļ de agosto.

No Programa de Pós-Graduação em Fisiologia são ofertadas 16 vagas no mestrado e 12 no doutorado, conforme edital. As provas serão aplicadas no dia 31 de julho e as matrículas iniciam em 11 de agosto.

E no Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Zoologia,¬†est√£o sendo disponibilizadas 6 vagas de mestrado¬†(acesse edital aqui). Inscri√ß√Ķes¬†pelo site. As provas ser√£o aplicadas¬†no dia 28 de julho e as matr√≠culas iniciam em 10 de agosto.

Na pr√≥xima quarta-feira (26 de julho), encerram-se as inscri√ß√Ķes para o processo seletivo de¬†2 vagas de mestrado e 13 de doutorado no Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Microbiologia, Parasitologia e Patologia. Consulte as linhas de pesquisa e¬†mais informa√ß√Ķes nos editais¬†(mestrado¬†e¬†doutorado).¬†A prova ser√° realizada no dia 03 de agosto e as matr√≠culas iniciam em 14 de setembro.

FLUXO CONT√ćNUO

O Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Educa√ß√£o F√≠sica est√° com processo seletivo para doutorado¬†e p√≥s-doutorado volunt√°rio aberto em regime de fluxo cont√≠nuo at√©¬†30 e 31 de outubro, respectivamente. Oferta vagas nas linhas de pesquisa de Atividade F√≠sica e Sa√ļde, Desempenho F√≠sico e Esportivo e Aspectos Socioculturais do Esporte e Lazer do Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Educa√ß√£o F√≠sica da UFPR.¬†Consulte editais aqui.

Por Danielle Salmória (Aspec/SCB/UFPR)

Diferentes gera√ß√Ķes reunidas em dia de lazer na UFPR

Publicado em: 7 de julho de 2023 por aspec

O esfor√ßo conjunto de professoras e acad√™micos do Departamento de Educa√ß√£o F√≠sica (DEF) tornou poss√≠vel um¬†encontro de alegria e emo√ß√£o na UFPR. No √ļltimo dia 27 reuniram-se no DEF 43 idosos participantes do Projeto Sem Fronteiras e 55 crian√ßas da Escola Municipal Paulo Rog√©rio Guimar√£es Esmanhoto para um dia de intera√ß√£o e divers√£o.

O Dia de Lazer na UFPR foi construído a muitas mãos: Profa. Vera Moro, Profa. Rosecler Vendruscolo e Profa. Cinthia Lopes da Silva, recém-ingressa no quadro de docentes da UFPR. O evento teve o apoio de calouros, acadêmicos das disciplinas Prática de Ensino e Fundamentos do Lazer, bolsistas, acadêmicos do PET Educação Física e do Projeto Licenciar, este coordenado pela Profa. Letícia Godoy.

As crian√ßas s√£o alunas da professora Michaela Camargo (Mica), egressa da UFPR e parceira em diversas atividades no DEF, numa forma√ß√£o continuada. As propostas formativas que ela organiza nessa parceria possibilitam √†s crian√ßas¬†circularem por ‚Äúum lugar que muitas vezes est√° distante delas, n√£o somente na quilometragem, mas especialmente no sonho de cursar o ensino superior em uma universidade p√ļblica‚ÄĚ, conta Mica. Para ela ‚Äúformar √© humanizar e as rela√ß√Ķes intergeracionais s√£o fundamentais, bem como as rela√ß√Ķes interinstitui√ß√Ķes‚ÄĚ.¬†

 

wDSC_9331

wDSC_9340

 

Divididas em grupos, as crian√ßas realizaram uma apresenta√ß√£o de dan√ßa art√≠stica em¬†intera√ß√£o com os idosos, aventuraram-se no slackline e no ciclismo,¬†tiveram uma viv√™ncia de ritmos musicais na √°rea do bosque, constru√≠ram brinquedos¬†com materiais recicl√°veis e divertiram-se no gin√°sio com jogos e brincadeiras produzidos pelos estudantes de Educa√ß√£o F√≠sica da UFPR. O almo√ßo no RU foi uma divers√£o √† parte! ‚ÄúNosso almo√ßo foi chique! Tem aqueles pratos diferentes nesse restaurante‚ÄĚ, disse Alice Soares, de 8 anos.

 

wDSC_9375

 

w1687876404397  wDSC_9366

wDSC_9386

Ao final do dia, todas as crianças foram agraciadas com medalhas pela participação nas atividades propostas. Na imagem, a Professora Cinthia, uma das organizadoras do evento, parabenizando a todos e lembrando de um direito fundamental das crianças: o direito de brincar!

 

Essa troca entre gera√ß√Ķes pode, nas palavras da Profa. Rosecler, “fazer a diferen√ßa no entendimento e no relacionamento entre as crian√ßas e as pessoas mais velhas em casa, na sua comunidade e na sociedade em geral‚ÄĚ. Segundo a professora, que tamb√©m coordena h√° 23 anos o Projeto Sem Fronteiras, essa intera√ß√£o tamb√©m pode auxiliar nas mudan√ßas de atitude em rela√ß√£o ao envelhecimento, √† velhice e √† pessoa idosa, principalmente no tocante aos preconceitos de idade (etarismo), no reconhecimento de suas potencialidades e dificuldades. ‚ÄúEsses projetos podem auxiliar na aquisi√ß√£o de conhecimentos e contribuir para que os participantes envelhe√ßam melhor e com mais qualidade de vida‚ÄĚ, complementa.

O Projeto Sem Fronteiras √© voltado a adultos maduros e pessoas idosas. ¬†Duas vezes por semana, eles praticam exerc√≠cios de alongamento, gin√°stica, muscula√ß√£o, atividades l√ļdicas e esportes adaptados √†s suas condi√ß√Ķes. No Centro de Educa√ß√£o F√≠sica e Desportos da UFPR, eles encontram espa√ßo para a socializa√ß√£o, a integra√ß√£o, o bem-estar e o condicionamento f√≠sico. As atividades acontecem todas as ter√ßas e quintas-feiras, das 9h √†s 11h e das 14h √†s 16h. Os interessados em participar das atividades podem realizar inscri√ß√£o diretamente com o grupo respons√°vel nos dias e hor√°rios das aulas, portando seus documentos e um atestado que comprove aptid√£o f√≠sica para a realiza√ß√£o dos exerc√≠cios.¬†

 

Cópia de BioNews (4)

Acesse mais fotos do evento aqui!

 

Texto e fotos por Danielle Salmória (Aspec/SCB/UFPR)

Mais de cem vagas abertas para diversos programas de pós-graduação do Setor de Ciências Biológicas

Publicado em: 14 de junho de 2023 por aspec

Sete programas de pós-graduação do Setor de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Paraná estão com processos seletivos abertos para vagas de mestrado, doutorado e pós-doutorado. São mais de cem vagas!

O programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Bot√Ęnica disponibiliza 8 vagas de mestrado, conforme edital (acesse aqui).¬†As inscri√ß√Ķes podem ser feitas at√© 21 de julho no site do Programa. A prova dissertativa, configurando a primeira etapa de avalia√ß√£o do processo, ser√° no dia 28 de julho e as matr√≠culas ocorrem a partir de 03 de agosto.

O Programa de Pós-Graduação em Ciências-Bioquímica oferta 10 vagas de mestrado e 10 vagas de doutorado nas linhas de pesquisa descritas no edital. Os interessados devem se inscrever até o dia 19 de junho pelo site (acesse editais aqui). A prova de inglês, como primeira avaliação do processo, será realizada no dia 26 de junho e as matrículas iniciam em 05 de julho.

O Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Ci√™ncias Biol√≥gicas (Entomologia) oferta 10 vagas de mestrado e 15 de doutorado nas linhas de pesquisa descritas no edital. As inscri√ß√Ķes¬†devem ser feitas pelo site (acesse editais aqui) at√© 21 de julho. Para o mestrado, as avalia√ß√Ķes de sufici√™ncia em l√≠ngua inglesa e de conhecimentos em entomologia (oral) ser√£o aplicadas no dia 25 de julho. Para o doutorado, o resultado da¬†avalia√ß√£o dos projetos ser√° divulgado nesta mesma data e a avalia√ß√£o oral ser√° aplicada em 27 de julho.¬†O per√≠odo de matr√≠culas inicia em 1¬ļ de agosto.

O Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Educa√ß√£o F√≠sica est√° com processo seletivo para doutorado¬†e p√≥s-doutorado volunt√°rio aberto em regime de fluxo cont√≠nuo at√© 30 e 31 de outubro, respectivamente. Oferta vagas nas linhas de pesquisa de Atividade F√≠sica e Sa√ļde, Desempenho F√≠sico e Esportivo e Aspectos Socioculturais do Esporte e Lazer do Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Educa√ß√£o F√≠sica da UFPR. Consulte editais aqui.

O processo seletivo do Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Fisiologia disponibiliza 16 vagas no mestrado e 12 no doutorado, conforme edital. As inscri√ß√Ķes devem ser realizadas at√© 21 de julho. As¬†provas ser√£o aplicadas no dia 31 de julho e as matr√≠culas iniciam em 11 de agosto.

O Programa de Pós-Graduação em Microbiologia, Parasitologia e Patologia oferta 2 vagas de mestrado e 13 de doutorado nas linhas de pesquisa descritas nos editais (mestrado e doutorado). Os interessados devem se inscrever entre 15 de junho e 26 de julho pelo site. A prova será realizada no dia 03 de agosto e as matrículas iniciam em 14 de setembro.

O Programa de Pós-Graduação em Zoologia oferta 6 vagas de mestrado (acesse edital aqui). Os interessados devem se inscrever até 21 de julho pelo site. As provas serão aplicadas no dia 28 de julho e as matrículas iniciam em 10 de agosto.

Por Danielle Salmória (Aspec/SCB/UFPR)

Projeto de Extens√£o P√© na Areia oferece v√īlei de Praia e futev√īlei na UFPR

Publicado em: 13 de junho de 2023 por aspec

cartazA4

Incentivar a pr√°tica esportiva e disseminar valores como respeito √†s regras, ao pr√≥ximo e ao trabalho em equipe, al√©m de incentivar a¬†supera√ß√£o individual, s√£o objetivos¬†do Projeto de Extens√£o P√© na Areia. Oferecendo √† comunidade oportunidades e condi√ß√Ķes de acesso √†s atividades “de areia‚ÄĚ de forma sistematizada e continuada, o projeto investe em sa√ļde e aprimoramento das capacidades f√≠sicas e t√©cnicas dos participantes.

Em parceria com o Centro de Educa√ß√£o F√≠sica e Desportos (CED), o P√© na Areia oferta atividades esportivas de areia/praia. Inicialmente ser√£o disponibilizadas e acompanhadas as pr√°ticas de v√īlei de praia e futev√īlei.

As atividades s√£o gratuitas e abertas para toda a comunidade (interna e externa a UFPR), para todas as¬†faixas et√°rias e graus de habilidade. Exige-se apenas boas condi√ß√Ķes de sa√ļde. Os participantes iniciantes receber√£o orienta√ß√Ķes para a pr√°tica.

As inscri√ß√Ķes devem ser feitas neste¬†link.¬†Os interessados receber√£o um e-mail com confirma√ß√£o do agendamento para as orienta√ß√Ķes iniciais e come√ßo das atividades.

Dias: segundas, quartas e sextas-feiras
Horário: 11h às 12h30
Local: quadras de areia do CED (Centro Politécnico)

Aulas de circo na UFPR para toda comunidade

Publicado em: 23 de maio de 2023 por aspec

‚ÄúVoc√™ quer voar?‚ÄĚ √Č com esse convite inusitado que o Prof. Dr. Bruno Tucunduva (Depto. de Educa√ß√£o F√≠sica) come√ßa a nossa conversa. E quem nunca sonhou em voar quando crian√ßa, ao ver os trapezistas no picadeiro quando o circo chegava na cidade? No¬†Cirthesis, voar √© poss√≠vel! Com 20 anos de atividades na UFPR, mais de 2 mil pessoas j√° se aventuraram nas aulas¬†desse Projeto de Extens√£o, ampliando seus limites pessoais.

O Cirthesis oferece atividades iniciantes (aulas de base e nivelamento) e avan√ßadas, abertas a toda comunidade a partir de 16 anos. Os treinos envolvem ganho de for√ßa escalando um tecido ou fazendo uma acrobacia, resist√™ncia de abd√īmen e core no equil√≠brio de ponta-cabe√ßa ou sobre outras pessoas, maior flexibilidade muscular, amplitude de movimentos e coordena√ß√£o motora. ‚ÄúA atividade circense prepara voc√™ de dentro para fora para conseguir se sair bem em qualquer modalidade esportiva ou de lazer. J√° viu pessoa mais ‚Äėsafa‚Äô que artista circense?‚ÄĚ, instiga o Prof. Bruno, coordenador do projeto.

O empoderamento pessoal tamb√©m √© uma das promessas. ‚ÄúAs aulas de circo podem transformar vidas, transformar suor e esfor√ßo em brilho especial no olhar. √Č mais que um exerc√≠cio f√≠sico, √© um encontro consigo mesmo‚ÄĚ, afirma o professor.

Como a pr√°tica envolve certos riscos e desafios, o suporte do grupo √© essencial. ‚ÄúConsidero que, em especial na fase de vida de estudantes, √© extremamente importante formar habilidades emocionais e atitudinais para se levar para frente os desafios e os sonhos. E esse √© outro aspecto bem importante do circo, que √© o lugar do fasc√≠nio, do extraordin√°rio‚ÄĚ, complementa Bruno.

[BioNews] legenda flutuante vert.

Acrobacias em tecido. Foto: acervo Projeto Cirthesis


Para Beatriz Spisila, estudante de Educa√ß√£o F√≠sica que participa do projeto desde 2020, a atividade proporciona aprendizados di√°rios. ‚Äú√Č o que mais amo fazer. O projeto mudou a minha vida, pois abriu meus olhos para essa arte que √© o circo, uma arte que n√£o possui limites. N√£o h√° limite de idade, limite corporal, limite de espa√ßo, tudo podemos fazer no circo e em qualquer lugar. √Č isso o que mais me encanta‚ÄĚ, revela.¬†Seu colega de curso, Felipe Dalabona, participa desde mar√ßo e encarou o projeto como um desafio. ‚ÄúEu nunca tinha feito circo antes, n√£o sabia muito o que esperar e nem se iria gostar, mas j√° nas primeiras aulas me apaixonei pela beleza de cada movimento e pelos n√≠veis de complexidade de cada posi√ß√£o, principalmente nos a√©reos, que s√£o os que eu mais gosto‚ÄĚ, conta.

A metodologia do Cirthesis oferece desafios adequados ao n√≠vel de habilidade e condicionamento de cada participante, com acompanhamento individualizado. O progresso do aluno √© monitorado com avalia√ß√Ķes nas dimens√Ķes f√≠sica e funcional, cognitiva e coordenativa, expressiva e social, registradas em relat√≥rios trimestrais.

 

20230519_113954

Para comemorar os 20 anos do projeto, foi instalado um Trapézio de Balanço ao ar livre no Centro Politécnico. A estrutura proporciona um especial contato com a natureza, em voos com vista para o horizonte. Foto: acervo Projeto Cirthesis

 

As aulas acontecem no Centro de Educação Física e Desportos da UFPR, no Centro Politécnico (Av. Cel. Francisco H. dos Santos, 100, Jardim das Américas), de segunda a quinta-feira a partir das 18h e aos sábados das 10h às 12h, com possibilidade de horários especiais durante a semana (manhã e tarde). Novas turmas são abertas a cada semestre. A participação tem uma taxa mensal de R$ 120,00.

Para participar, entre em contato com a equipe do projeto pelo instagram e agende sua primeira experiência circense.

 

Por Danielle Salmória (Aspec/SCB/UFPR)

« Postagens mais antigas

Redes Sociais

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Universidade Federal do Paraná
Setor de Ciências Biológicas
B I O N E W S
Avenida Coronel Francisco H. dos Santos, 100
Caixa Postal: 19031 - Fone: (41) 3361-1549
Centro Politécnico - Jardim das Américas
CEP: 81531-980 - Curitiba (PR), Brasil

UFPR no Facebook UFPR no Twitter UFPR no Youtube
Setor de Ciências Biológicas
B I O N E W S
Av. Cel. Francisco H. dos Santos, 100
Caixa Postal: 19031 - Fone: (41) 3361-1549
Centro Politécnico - Jardim das Américas
CEP: 81531-980 - Curitiba (PR), Brasil

Imagem logomarca da UFPR

©2024 - Universidade Federal do Paraná - B I O N E W S

Setor de Ciências Biológicas - Paulo Henrique Zaramela

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR